Plásticos reforçados com fibra de carbono

Reforços com fibra de carbono tem sido produzidos em escala industrial e usados em plásticos desde meados dos anos setenta. Eles são produzidos com mais de 90% de puro carbono.

Devido ao seu alto módulo de elasticidade, as fibras de carbono são ideais para aplicações nas quais a rigidez é o requisito predominante. Enquanto fibras de vidro e aramida oferecem altas propriedades de isolamento elétrico, as fibras de carbono são condutoras elétricas. Porém, a menos que o composto tenha sido designado especificamente para aplicações eletricamente ativas, não se deve depender que a condutividade de materiais com incorporação de fibra de carbono seja consistente ao longo do material. Em comparação às fibras de vidro, as fibras de carbono são adequadas para uso em aplicações de desgaste por deslizamento e de baixo atrito. Suas características suportam o movimento de deslizamento e elas melhoram significativamente a resistência à abrasão.

TECAMID 66 CF20 black

O PA 66 CF20 é um PA 66 reforçado com 20% de de fibra de carbono que a Ensinger fabrica sob o nome comercial TECAMID 66 CF20 black...

TECAPEEK CF30 black

O PEEK CF30 é um material PEEK com 30% de preenchimento de carbono que fornece ao material um alto nível de rigidez e resistência à fluência.

TECATRON CM CF15 GR10 TF10 black XP-83

Trata-se de um material PPS moldado por compressão aditivado com fibra de carbono, grafite, PTFE, 10% de cada, para propriedades de deslizamento e desgaste aprimoradas.