TECAPEEK PVX black

PEEK modificado - grade de deslize

TECAPEEK PVX black é um PEEK modificado com base na resina PEEK 450 da Victrex® ou KetaSpire® KT-820 da Solvay e está classificado na mesma categoria de performance que o Victrex® PEEK™ FC30.

TECAPEEK PVX black foi desenvolvido especialmente para aplicações dinâmicas de rolamento e deslize. Tem como base o polímero PEEK modificado com quantidades iguais de 10% de PTFE, grafite e fibras de carbono. Combina as propriedades de uma matriz de material de alta qualidade com aditivos especiais, que melhoram a resistência ao desgaste. Em comparação a todas modificações de PEEK, o TECAPEEK PVX preto tem o mais baixo coeficiente de atrito e apresenta a maior resistência ao desgaste. Além disso, apresenta uma estabilidade dimensional comparativamente mais elevada sob ação de carga térmica. O reforço por meio de fibras de carbono e grafite em plásticos de baixa fricção como o PEEK também assegura propriedades mecânicas mais elevadas do que normalmente se verifica com PEEK não reforçado.
Além do mais, é útil para um material de deslize como o PEEK ter sua condutividade térmica melhorada, a fim de dissipar a maior quantidade de calor de fricção possível gerada no componente, evitando assim sobrecarga térmica ou superaquecimento. Em particular, as cargas de fibra de carbono e grafite no TECAPEEK PVX black  ajudam a assegurar uma melhor condutividade térmica deste PEEK de grade de deslize. Também resultam numa condutividade térmica que é três vezes superior à que encontramos no PEEK natural padrão.  
Para aplicações de rolamento e deslize, a resistência a elevadas cargas de PV é particularmente notável.

Uma comparação entre o TECAPEEK natural (PEEK sem cargas) e o TECAPEEK PVX black (PEEK grade de deslize) também mostra as diferenças relativas ao coeficiente de atrito, dependendo do número de ciclos e das diferentes velocidades de deslizamento. Os ensaios foram realizados num eixo de aço Ø 4mm, com velocidades de deslizamento de 0-22 mm/s e uma carga de 30 N. 
PEEK PVX também oferece excelentes propriedades de desempenho tribológico quando utilizado com componentes parceiros não metálicos de acoplamento. Ao mesmo tempo, é mantida uma excelente resistência química. Pode ser utilizado a seco ou com a aplicação de um lubrificante externo.
Esta modificação "tribológica" do PEEK, TECAPEEK PVX black, foi desenvolvida para utilização sob cargas e velocidades elevadas em ambientes agressivos e também pode ser utilizada sob exposição contínua a água quente ou vapor.

Assim como com todos os materiais PEEK da Ensinger,  podemos confirmar que o nosso grade de deslize TECAPEEK PVX black cumpre as limitações impostas pela Diretiva RoHS 2011/65/EU - Restrição de Substâncias Perigosas em equipamentos elétricos e eletrônicos. 

Conformidade

Fatos

Designação química
PEEK (Poli-éter-éter-cetona)
Cor
preto
Densidade
1,44 g/cm3

Principais características

  • boa temperatura de deflexão
  • boas propriedades de deslize
  • alta resistência a def. sob carga (creep)
  • resistente a hidrólise e vapor superaquecido
  • inerentemente retardante de chama
  • ótima resistência química

Indústrias alvo

Detalhes técnicos

As informações técnicas a seguir são válidas apenas para os produtos fabricados na Alemanha.

  • product-technical-detail-collapse-item-0-lvl-1
    Propriedades mecânicas Valor Unidade Parâmetro Norma
    Módulo de elasticidade (teste de tração) 5500 MPa 1mm/min DIN EN ISO 527-2
    Resistência a tração 84 MPa 50mm/min DIN EN ISO 527-2
    Resistência a tração no escoamento 84 MPa 50mm/min DIN EN ISO 527-2
    Alongamento no escoamento 3 % 50mm/min DIN EN ISO 527-2
    Alongamento na ruptura 3 % 50mm/min DIN EN ISO 527-2
    Resistência a flexão 142 MPa 2mm/min, 10 N DIN EN ISO 178
    Módulo de elasticidade (teste de flexão) 6000 MPa 2mm/min, 10 N DIN EN ISO 178
    Resistência a compressão 22/43/102 MPa 1% / 2% / 5% EN ISO 604
    Módulo de compressão 4000 MPa 5mm/min, 10 N EN ISO 604
    Resistência ao impacto (Charpy) 28 kJ/m2 max. 7,5J DIN EN ISO 179-1eU
    Dureza de indentação 250 MPa ISO 2039-1
  • product-technical-detail-collapse-item-1-lvl-1
    Propriedades térmicas Valor Unidade Parâmetro Norma
    Temperatura de transição vítrea 146 C DIN EN ISO 11357
    Temperatura de fusão 341 C DIN 53765
    Temperatura de serviço 300 C curta duração NN
    Temperatura de serviço 260 C longa duração NN
    Coeficiente Expansão Térmica Linear (CLTE) 3 10-5*1/K 23-60°C, long. DIN EN ISO 11359-1;2
    Coeficiente Expansão Térmica Linear (CLTE) 3 10-5*1/K 23-100°C, long. DIN EN ISO 11359-1;2
    Condutividade térmica 0.82 W/(k*m) ISO 22007-4:2008
    Calor específico 1.1 J/(g*K) ISO 22007-4:2008
    Coeficiente Expansão Térmica Linear (CLTE) 4 10-5*1/K 100-150°C, long. DIN EN ISO 11359-1;2
  • product-technical-detail-collapse-item-2-lvl-1
    Propriedades elétricas Valor Unidade Parâmetro Norma
    Resistência superficial 104- 1011 O Borracha condutiva, 23°C, 12% U.R. DIN EN 61340-2-3
    Resistividade de volume específico 107- 1012 O*cm Borracha condutiva, 23°C, 12% U.R. DIN EN 61340-2-3
  • product-technical-detail-collapse-item-3-lvl-1
    Outras propriedades Valor Unidade Parâmetro Norma
    Resistência a água quente / bases + - -
    Flamabilidade (UL 94) V0 - correspondente a DIN IEC 60695-11-10;
    Resistência ao intemperismo - - -
    Absorção de água 0.03 % 24h / 96h (23°C) DIN EN ISO 62

Programa de estoque